Pages

quarta-feira, 21 de março de 2018

Ministro da Educação diz a Temer que deixará o governo em 5 de abril


O ministro da Educação, Mendonça Filho, comunicou ao presidente Michel Temer nesta quarta-feira (21), durante reunião no Palácio do Planalto, que deixará o cargo em 5 de abril.



"Não último grande ato da pasta será dia 3, e dia 5 entrego o cargo", afirmou Mendonça ao blog da Andreia Sadi do Portal G1.


O ministro é filiado ao DEM e vai disputar eleição deste ano (o prazo para deixar o cargo é 7 de abril). Mendonça Filho não sabe, contudo, qual cargo disputará: se deputado, senador ou governador de Pernambuco.


Na reunião desta quarta, além de Temer e Mendonça, estavam o deputado Pauderney Avelino (AM) e o prefeito de Salvador, ACM Neto - ambos do DEM.

Ministro da Saúde



O ministro da Saúde, Ricardo Barros, também já acertou a saída do cargo. Ao blog, ele disse que deixará a pasta no próximo dia 28.


Barros afirmou que a conversa com o presidente foi na semana passada. Ainda não há substituto para o ministério, mas o PP quer manter a vaga.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário